"Dinheiro Livre"

Nenhum comentário


Uma das maiores dificuldades para criar um orçamento, além do hábito de anotar tudo o que gasta, e preencher na planilha de planejamento, é como controlar as pequenas compras e gastos com diversão, sem entrar no vermelho todo mês.

Uma vez colocado as contas principais (água, luz, cartão de crédito) em débito automático, as finanças passam a funcionar meio que em piloto automático, precisando de poucas interações para fazer tudo acontecer.

Só que é difícil criar um orçamento pro futuro sem colocar algumas previsões de gastos com diversão.

Para isso, use na planilha de planejamento um item chamado "dinheiro livre" ou simplesmente "diversão", destine uma parte pra ele.

Por exemplo, para alguém que tenha uma renda de R$ 2.000,00 por mês, pode decidir reservar R$ 200,00 para diversão. Dessa reserva paga as pizzas, chopp, cinema, etc. Terminando essa grana, nada além disso vai ser gasto em diversão.

Um casal pode usar desse benefício, cada um contribui para o pagamento das contas principais da casa, mas cada um teria uma quantia para gastar sem nem precisar avisar o outro, no que quisesse.

O ideal, no início, é até sacar essa quantia, e pagar as contas de diversão com o que tem no bolso (separe em uma parte diferente da carteira das contas do dia a dia, como ônibus, restaurante, etc). Assim não corre o risco de extrapolar.

O melhor de ter essa "reserva técnica" é poder satisfazer algumas vontades, sem extrapolar o orçamento.


Nenhum comentário :

Postar um comentário