Iniciando no cartão de crédito

Nenhum comentário


O cartão de crédito pode ser uma armadilha, assim que você abre uma conta no banco, recebe um, começa a gastar e quando se dá conta, não consegue pagar a fatura.

O problema aí é que aquele pedaço de plástico não parece representar o dinheiro que você tem, é como se por mágica, você pudesse entrar numa loja e pegar o que quiser. Já que o dinheiro não existe, imagina a encrenca de achar que não gastou.

Por conta disso, muita gente nunca usa cartão de crédito, com medo de cair na armadilha.

O cartão não é de todo mau, ele te dá crédito, não precisa ficar sacando dinheiro no caixa eletrônico, apresenta uma fatura detalhada do que foi gasto, e a maioria tem um programa de recompensas, que permite trocar por bens, viagens, assinaturas de revistas, descontos e até por dinheiro.

Então, como usar o cartão de crédito de forma segura e tirar proveito?

Simples, use-o como meio de pagamento normal, mas no mesmo dia, entre no Internet Banking e separe a mesma quantia de dinheiro gasto em um investimento secundário. O ideal é que seja uma aplicação de Curto Prazo (a maioria dos bancos oferece isso), com baixo risco e saque imediato.

Essa aplicação irá acumular a quantia suficiente para pagar a fatura, só que normalmente ela tem rendimento diário, ou seja, você gasta R$ 50,00 para abastecer o carro hoje, deposita essa mesma quantidade na aplicação, e resgata daqui 30 dias para pagar a fatura.

Com isso o dinheiro na conta corrente fica independente, e o dinheiro para pagar o cartão de crédito garantido. O melhor de tudo é receber juros por isso.

Alguém que movimenta R$ 1.000,00 por mês no cartão de crédito pode lucrar até R$ 5,00 no mês! Parece pouco? Faça por um ano e são R$ 63,00 (com correção) mais 12.000 pontos para trocar.


Nenhum comentário :

Postar um comentário